sábado, 23 de junho de 2012

Assinado contrato para lanchonete popular no Aeroporto de Londrina


 A Infraero publicou nesta sexta-feira (22/6), no Diário Oficial da União, o termo do contrato para a instalação de lanchonete popular no Aeroporto de Londrina/José Richa (PR). O estabelecimento oferecerá produtos de alimentação com preços diferenciados, estabelecidos pela média encontrada no mercado local. A previsão de abertura da loja é de quatro meses, contados a partir da assinatura do contrato, feita no final de maio, e o convênio terá duração de 84 meses.

A proposta com a implantação da lanchonete popular é oferecer aos usuários uma opção acessível de alimentação e promover a concorrência entre estabelecimentos no mix comercial dos aeroportos. A Infraero planeja oferecer a opção nos aeroportos da Copa do Mundo, e também prevê que os demais aeroportos da Rede podem implantar a iniciativa de forma independente.

Para o superintendente do aeroporto, Marcus Vinicius Rezende Pio, a lanchonete popular acompanha a demanda do passageiro por opções acessíveis no mix comercial. “O perfil do passageiro mudou nos últimos anos. A adaptação para atender aos novos usuários garante a excelência no atendimento”, afirmou.

Com a lanchonete popular, o preço dos lanches se tornará mais acessível.

4 comentários:

  1. Se consolidando e polarinzando cada vez mais o Norte do Paraná e Sul de SP.

    Não gostaria muito, mas não dá pra competir com Londrina hahahahahahahahahahaha

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, é bem interessante como o LDB está suportando. A cada voo solicitado pode ser visto que a demanda existe, agora é só esperar as solicitações de ampliação do TPS que desde o ano passado já encontra-se saturado.

      Com essa ampliação nossa capacidade será de 1.200.000 pax/ano! Que, se depender dos números do 2º semestre, já poderá sair saturado.

      Abraço!

      Excluir
  2. Bom dia Adriano. Tava vendo na internet um transponder USB ADS-B Recever 1090Mhz com alcance de 200Km. Tá sendo vendido no mercado livre por R$350,00 pilas. Que tal nós os foristas adquirirmos o equipamento e colocar Londrina no mapa do FlightRadar 24???? Juntando uns 10 caras dá R$35,00 por pessoa. Ai a gente escolhe um que queira manter o laptop ligado pelo menos durante o dia até as 0h00 para vermos a movimentação no nosso espaço aéreo. Que tal. o link do produto no mercado livre é:

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-239009283-ads-b-receiver-1090-mhz-recebedor-radar-de-transponder-_JM

    Abraços
    Luis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luis,

      Gostei muito da ideia apesar de ser um pouco ousada afinal não sei como vamos fazer para arrumar 10 pessoas para isso afim de baratear os custos.
      Outro problema em comprar coletivamente é que teremos que achar uma pessoa responsável para transmitir os dados e caso o aparelho entre em pane.
      Mesmo assim já fiz uma postagem da sua ideia, veremos como o pessoal vai reagir diante disso.
      Acredito que se começarmos com a fonia primeiramente como um teste e se caso der certo partir para o radar ao vivo. Existem muito tutorias na internet para transformar rádios comuns de FM/AM em receptores de VHF se conseguirmos transformar um rádio e acharmos alguém disposto a transmitir. Digo alguém porque mal tenho tempo de atualizar o blog quiça verificar se o equipamento está funcionando.

      Abraço.

      Excluir